quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Fim!

Tudo tem um príncipio e um fim... O fim deste projecto chegou! Parto para outro caminho, mas antes de partir deixo-vos uma última, e singela reflexão...


Ao fim de muitos meses, para ser mais preciso, já lá vai um ano e três meses interrompi o silêncio no qual navegava este projecto…. Qual barco sem rumo, passando por um nevoeiro cerrado! Porquê é que de repente assim um sol tão intenso, rasga assim uma neblina impenetrável?! Não sei bem... Acho que este, era o momento exacto para me questionar! Para ser sincero comigo próprio…
Sinto agora, ao olhar com uma certa distância, que poderá ter sido algum cansaço… desalento… que me levou de uma forma fugaz, a abandonar este projecto, que por si só, tinha sido importante num dado momento da minha vida, e que já não era no presente!
Neste tempos que marcam o final de uma etapa da minha vida, e o começo de outra, sinto necessidade de voltar… Sim VOLTAR! Não a este projecto que faz parte do passado, mas iniciar mimeticamente com a nova etapa da minha vida também um novo projecto… Algo onde eu possa de uma forma simples abrir o meu coração e partilhar as minhas experiências do dia-a-dia, de uma forma autêntica, livre, pura, e natural.
Vou criar um novo projecto… novo quer dizer que será muito diferente deste, a começar por não colocar de uma forma expressa a minha identidade, para assim pode ser: autêntico, livre, puro, e natural.
Numa última palavra apraz me dizer parafraseando o Poeta: “Valeu a pena? Tudo vale a pena, se a alma não é pequena.” Espero esforçar-me o suficiente de modo que a minha alma cresça, até que um dia possa ver o autêntico Céu!
Até uma morada próxima… ou até a um claro dia, em que possamos cruzarmo-nos numa simples vereda em que caminhamos ao ritmo de Deus!

terça-feira, 13 de maio de 2008

quarta-feira, 7 de maio de 2008

...

Por estes dias houve uma morte que me fez pensar bastante, pensar de uma forma diferente e profunda, esta foi a morte de Alguém que amou até ao fim...
A morte enquanto morte, foi uma morte "estúpida" desculpem-me a palavra, porém meditei-a suavemente, pois sabia que o filho de Deus que morreu para esta vida foi feliz, amou, e foi amado e agora está junto do Pai... É nesta certeza que me conforto!
Este Alguém, tinha um pequeno grande sonho, (passo a redundância)... Ser padre. E concretizou esse sonho mais depressa do que alguma vez pudesse ter imaginado.
Habita em mim por um lado a tristeza, todavia a alegria inunda o meu coração pois tenho a firme certeza que Ele está agora mais próximo de Deus e de mim... estamos ligados pelo coração...
Vivo agora com a certeza de através d´Ele, brotará um rio de água viva para a sua paróquia e para o seu arciprestado... Antes eram vários aqueles que encontravam n´Ele um abrigo seguro, a partir de agora serão muitos mais, aqueles que se lembrarão d´Ele e tirarão da saudade a força de viver...
Neste momento dirijo a Ele a minha prece e peço-lhe a força que alenta o meu peregrinar... Marco... zela por todos aqueles que habitam no teu coração, faz com que não se percam na noite, nem em vales de solidão, sê luz verdadeira para nós!

quarta-feira, 30 de abril de 2008

Crónica de Fraternidade...

Neste simples testemunho gostaria de tentar descrever a alegria, a paz e o amor que me habitaram há alguns dias atrás, todavia não sei se serei capaz, pois tudo o que senti e vivi é de uma grandeza enorme, por isso é muito difícil de exprimir…
No fim-de-semana passado, tive a possibilidade de fazer uma Experiência de Fé “forte”… Descrevendo assim todo o conjunto de sensações e experiências que tive, penso que estou a ser um pouco redutor… O que posso dizer é que foi uma experiência de coração…
Bem… toda a Experiência começou de uma maneira um tanto ou quanto difícil para mim, confesso que no inicio estava bastante céptico, tinha muitas reservas, posso dizer que a Teologia me fazia levantar muitas questões…
Porém há medida que o tempo passava, o meu coração ia amainando, e a minha mente, gradualmente ficava mais aberta! Deixei de lado, o racionalizar todas as acções e passei a tentar viver da melhor forma aqueles dias com aqueles que me rodeavam, como se fossem os últimos dias da minha vida…
Destaco o “dia D”, “D” não! É melhor dizer o “dia R” do Encontro, “R” de Reconciliação, de Reencontro… como foi compreender de uma forma tão singela o verdadeiro sentido da Reconciliação, e sentir “na pele” de um modo quase pleno o Amor de Deus reflectido no Amor aos Irmãos.
Todavia o que mais singrou no meu coração foi a vivência diária da Eucaristia, que de uma maneira tão bela, tão serena e tão natural, foi verdadeiro cume e fonte de todo o Encontro.
No fim de tudo, ficou o Amor, o Carinho com que um grupo de seres humanos tão diferentes e tão heterogéneos entrou na minha vida de um modo tão especial…
Assumi um compromisso, que está longe de ser fácil de cumprir, no entanto é um desafio que abraço de toda a alma e coração. Pretendo falar aos outros meus Irmãos de coração a coração, quero mostrar-lhes a alegria de sermos Filhos de Deus, desejo ser sinal do seu Amor!
Quero retribuir com Amor e Amizade, a todos Aqueles que me ajudaram a ter esta magnífica Experiência de Amor…
No meu fraco ser, manifesto aqui, a minha disponibilidade para ser companheiro de todos nesta entrega verdadeira de Amor!

terça-feira, 29 de abril de 2008

Há 20 dias...


Bem... ou mal, não sei bem! Já lá vão vinte dias desde que escrevi o último post... Até há alguns dias para trás era para mim bastante difícil escrever... Não sabia muito bem como me relacionar com as palavras, tinha uma espécie de relação amor-ódio com as palavras... estranho! Sim é estranho mas é verdade...

Tenho-me questinado sobre continuar ou não escrever...

Ainda não sei bem! Vou pensar...

quarta-feira, 9 de abril de 2008

Sinais do Céu aqui na terra...



Visita um blog de alguém que vive uma vida diferente...
http://sinaisdoceu.blogspot.com/